segunda-feira, 31 de outubro de 2016

1º Ano E. Médio

4º BIMESTRE


VERDADES SOBRE A DIETA (texto 01)
A maioria dos livros sobre dieta é baseada em 2 suposições:
1º A dieta não afeta a velocidade na qual o corpo trabalha - o chamado metabolismo; e,
2º O peso perdido na dieta é na maior parte gordura.
Ambas as suposições são completamente erradas. A dieta diminui o metabolismo e a maior parte do peso que é perdido na dieta não é gordura. De fato em qualquer perda rápida de peso, no início quase não se perde gordura nenhuma. Qualquer dieta que promete uma perda rápida de peso (5 a 8 Kg) por semana de gordura é enganosa. Durante uma dieta a primeira reação do corpo é retirar energia do glicogênio (carboidrato estocado no músculo e no fígado), Qualquer dieta prolongada por várias semanas, resultará em perda de gordura, juntamente com glicogênio, água e massa magra (músculo). Após a reposição de água e glicogênio, o corpo tende a recuperar a gordura sem reconstruir o tecido muscular. Outra desvantagem da dieta é a ineficiência da regulação de energia, ou seja, a velocidade do metabolismo de uma pessoa que faz dieta diminui para se adaptar à nova necessidade energética, quanto mais intensa é a dieta mais o metabolismo diminui porque o corpo é privado de alimentos essenciais. O nosso metabolismo é dinâmico, pode ser diminuído ou aumentado de acordo com a quantidade de comida que se ingere. Quanto mais atividade física uma pessoa faz mais rápido sem metabolismos será, ou seja, é possível aumentar o metabolismo por meio da atividade física.



NECESSIDADE DE MOVIMENTO DO CORPO HUMANO (texto 02)
Quando o corpo se movimenta muitos processos fisiológicos tais como, o aumento da contratilidade e frequência dos batimentos do coração; a alteração do metabolismo; a mobilização dos os hormônios a elevação da temperatura corporal entre outros, ocorrem simultaneamente com alguns processos psicológicos. O funcionamento do corpo é mantido por um equilíbrio dinâmico que necessita de atividades para funcionar normalmente o rompimento do frágil equilíbrio dentro do corpo, causado, por exemplo, por hábitos alimentares errôneos ou deficientes; por padrões de pensamentos negativos e pela vida sedentária, pode resultar em doenças e desordens emocionais e físicas.

Numa sociedade caracterizada por "apertar botões", as tendências modernas, a mecanização, as ocupações sedentárias e o uso generalizado de utensílios domésticos, levaram a uma exigência diminuída da atividade física, particularmente no trabalho. Ao mesmo tempo há um aumento espantoso de doenças cardiovasculares. A atividade física é uma parte integral e complexa do comportamento humano, envolvendo componentes culturais, socioeconômicos, psicológicos e é dependente de vários fatores como o tipo de trabalho, tipo físico, personalidade, quantidade de tempo livre e possibilidades de acesso a locais e instalações esportivas e etc.

0 comentários:

Postar um comentário